27 de fev de 2009

A Medida do Amor

Não basta amar, deve-se amar perdidamente, desmedidamente, de uma maneira ímpar e sem precedentes. Não basta fazer o bem, é preciso ser herói. Não basta ser feliz, é preciso alegria hollywoodiana. E buscamos esses extremos sem perceber que, ao alcançá-los, o outro lado da balança cai e o equilíbrio é quebrado. Dessa forma, um momento de nirvana muitas vezes é seguido de depressão, simplesmente porque não aprendemos a dosar os sentimentos.

É assim que o amor, o sentimento mais puro e belo que conhecemos, passa a se tornar vício, droga. Afinal, todos sabem que a linha fina que separa o remédio do veneno, é o tamanho da dose.

Amor Esmola

Não quero seu amor esmola
Casual e sem sentido
Covarde, imcompleto
Forjado, sintético e resumido

Rascunho de sentimento
Esboço de paixão
Apatico, comodo
E oprimido

Um dia eu ri de suas piadas
Hoje eu rio de você
Não ha mais, Não assim
Tarde de mais pra você
Cedo de mais pra mim

Perfeito quando longe de mim
Toxico e corrompido
Quando comigo

Pagina virada

Antes tudo era claro, cristalino
E uma luz cortava um coração entrevado
E me despertava da tristeza
E te encontrava distante, e indiferente
Em coma ao meu lado

Não sei o que dizer, Não sei o que sentir
Não sei o que pensar, Não sei como agir
Vamos fazer alguma coisa
Vamos Viver
Os anos foram crueis
Comigo e com você

C.A.R.N.A.[x].[x].L

"C A R N A V A L" a propria palavra ja insinua a seu denominador um sentido bem chucro. Não que eu me encomode ou até mesmo deteste, ha certas coisas no carnaval que representam bem o nosso pais de uma forma cultural, mas n é atras de cultura que as pessoas vão qnd pensam em carnaval. Todos queremos ao maximo passar 3~4 dias em um bacanal sem fim, o que tbm n é nada mal, mas é essa imagem que qqr gringo tem d nós e n acho isso mto bom pro nosso pais sinceramente, temos muito mais do que "pessoas desnudas" pra mostrar. Esses dias eu e um amigo fomos ao café piu-piu apenas com um proposito, ouvir uma boa banda ao-vivo, ok, então eis que 2 mulheres começam a se insinuar, eu por minha vez nem dei bola, tava ali por causa do som, n tava afim d pegar ngm, simples. Resumindo, elas n aguentaram o fato d nenhum de nos termos nos interessados, nem eram feias, uma delas (a que se interessou por mim) ainda brigou comigo, e ficou revoltada pq achou q eu tinha a obrigação de come-la (literalmente), e, toda nacionalista, ressaltou o carnaval como "uma festa brasileira em que todos nos temos que ter orgulho". Sorry, eu n tenho nenhum, foi ai que ela se revoltou pela 2ª vez. Como se eu fosse um marginal apontava e dizia, "amigoooo vc nasceu aonde?" eu respondi, no brasil, e ela retrucava. "então ame seu pais". Se amar meu pais implicar em aceitar tudo o que acontece sorrindo e sambando, ok, n amo meu pais. A questão n é ter ou n orgulho de ser brasileiro, eu tenho apenas orgulho de ser eu mesmo, ta bom d+.

Sem mais...

Um caso do acaso

como qm não qr nada
foi pegando tudo
como aquilo q não se esperava
fiquei perplexo, mudo
mas não deixei me atingir
e meu escudo me protegeu?
atuo, sei fingir
não tenho certeza se mexeu
como qm não queria ser
acabei ficando
fikei sem saber
estão me perguntando
agora ja foi, não sei
devia responder?
não é assim, eu sei
qro me compensar entender
alem d mim não ha mais nada
longe d ser fora de si
abismo incluso na ressaca
não mais viver e sim resistir
qm nunca desejou felicidade?
qm nunca vagou pela cidade?
qm nunca pagou pela falsidade?
qm nunca chorou a realidade?
desejo seu bem porque
me fez bem t ter por hora
realiza pra mim o que
nunca fora realizado agora
burrice deixar rastros
insanidade da minha parte
nunca houveram laços
simplesmente um pequeno abate
intão vai, me rasga
me deixe apenas com o q pensar
intão vai, ultrapassa
eu fiz d novo, não pude evitar...

(Jozzelito)

26 de fev de 2009

Flutuando

De repente do nada
eu tenho asas
E o mundo é meu, sem medo
Sem receios
Voando alto em devaneios
Tudo o que é meu é seu
Um sorriso breve
Um olhar contido
E eu me fiz leve
Quero te levar pra flutuar comigo
Flutuando, Flutuando
Livre no espaço sideral e o mundo é meu (tudo o que é meu é seu)
De repente do nada
Eu tenho asas
E o mundo é meu, o mundo é meu
De mão dadas
Almas gemeas aladas
Muito alem de tudo, alem de tudo
Um sorriso breve
Um olhar contido
E eu me fiz leve
Quero te levar pra flutuar comigo nas alturas do mundo astral

(Banda Simples)