26 de fev de 2009

Flutuando

De repente do nada
eu tenho asas
E o mundo é meu, sem medo
Sem receios
Voando alto em devaneios
Tudo o que é meu é seu
Um sorriso breve
Um olhar contido
E eu me fiz leve
Quero te levar pra flutuar comigo
Flutuando, Flutuando
Livre no espaço sideral e o mundo é meu (tudo o que é meu é seu)
De repente do nada
Eu tenho asas
E o mundo é meu, o mundo é meu
De mão dadas
Almas gemeas aladas
Muito alem de tudo, alem de tudo
Um sorriso breve
Um olhar contido
E eu me fiz leve
Quero te levar pra flutuar comigo nas alturas do mundo astral

(Banda Simples)

Nenhum comentário: